A morte da franquia

Já vou iniciar o texto dizendo que fiquei impressionado com esse filme. É muito interessante como eles conseguiram pegar uma ideia tão boa para uma sequência e distorcê-la e estragá-la a cada nova cena. A obra vai ficando pior a cada minuto que passa, existindo assim, uma diferença gritante entre aquela que vimos nos vinte primeiros minutos – com direito uma baita cena de exorcismo – com aquela que termina. Não é apenas frustrante ver o que os roteiristas fizeram com a boa premissa, mas principalmente com o que fizeram com a franquia. Não tem nem como comparar isso com aquele filmaço de terror que conhecemos em 2013.

A intenção era das boas. Esse terceiro capítulo de “Invocação do Mal” iria levar o casal de demonologistas, Ed e Lorraine Warren para o tribunal. Isso porque eles são convocados a provar uma possessão demoníaca para livrar o jovem Arne da prisão, visto que ele alega ter assassinado um homem a comando do Demônio. É um campo interessantíssimo, não apenas por ser baseado em uma história real, mas porque abriria discussões curiosas sobre como a lei reagiria diante de afirmações como essas, podendo trabalhar dois lados ali da trama, assim como o instigante “O Exorcismo de Emily Rose”.

Infelizmente, mais uma vez, tudo vira sobre o casal Warren. Aquele mistério de um processo jurídico some e rapidamente estamos diante de uma aventura vergonhosa, com visões, perseguições e uma vilã tosquisima. Isso porque “o mal” ganha rosto e todo interessante caminho inicial sobre possessão demoníaca se desfaz. O ato final, inclusive, é tão podre que é difícil de assistir.

O excesso de efeitos visuais também quebra essa sensação de “realismo” e imersão que tão bem era trabalhado nas mãos de James Wan. A direção aqui é de Michael Chaves e ele fica devendo e muito. É simplório, piegas e pouco causa tensão. Salva a química entre Vera Farmiga e Patrick Wilson e o bom trabalho do elenco coadjuvante, porque de resto, só lamentação.

NOTA: 5,0 / 10

País de origem: EUA
Ano: 2021

Título original: The Conjuring: The Devil Made Me Do It
Disponível: HBO Max
Duração: 112 minutos
Diretor: Michael Chaves
Roteiro: David Leslie Johnson-McGoldrick
Elenco: Vera Farmiga, Patrick Wilson, Sarah Catherine Hook
, Ruairi O’Connor, Julian Hilliard

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s