O medo do outro

“Corra” foi um grande sucesso em 2017, vencendo o Oscar de Melhor Roteiro Original e levando o seu criador, Jordan Peele, aos holofotes. Era de se esperar que em um curto período ele voltaria e a expectativa quanto ao seu retorno seria grande. “Nós” traz muito do que já conhecemos de Peele, uma trama um tanto quanto fantasiosa – com traços de ficção científica – em um terror com tom satírico e simbolismos não tão claros à primeira visita. Pode não ser, obviamente, tão bom quanto seu trabalho anterior, mas ainda é admirável seu esforço como roteirista e diretor, conseguindo entregar um produto refinado, impactante e que mantém o respeito que conquistou em Hollywood.

Na trama, uma família decide viajar para a casa de praia, porém, lá, todos são confrontados por cópias deles mesmos. O que, de início, da a entender que teremos uma perseguição entre os originais e seus respectivos duplos, o filme se expande e ganha e muito ao fazer isso. “Nós” acaba nos apresentando uma interessante mitologia por trás do inusitado evento e ficamos hipnotizados ao seu decorrer, tentando desvendar as razões para tudo aquilo. No fim, uma grande reviravolta, que pode até ser bem previsível para alguns, mas confesso que gosto bastante das saídas que Peele cria, finalizando muito bem suas belíssimas pirações.

Quando os duplos invadem a casa da família são questionados sobre quem realmente são e eles prontamente respondem: “somos americanos”. Vemos, então, uma referência clara ao que os norte-americanos enfrentam desde a eleição de Trump. Há um medo geral naquela nova sociedade que emergiu, medo dos outros, do que vem de fora. É até curioso o uso da palavra “Us”, que pode também ser relacionada à United States. Interessante também em como ambiguidade é trabalhada durante o terror que se instaura. De fato, existe um questionamento sobre quem realmente são os vilões ali, visto que os personagens apresentados como “heróis” são justamente aqueles que praticam a violência em cena. Nós somos nosso pior inimigo e isso é aplicado de forma literal aqui. Ao término, claro, tudo isso ganha uma razão e vamos, aos poucos, juntando as peças apresentadas e quando fazemos isso compreendemos o quão grande é esta ideia. São pequenos e ricos detalhes que tornam a obra ainda mais admirável. A produção também acerta e Jordan Peele finaliza seu produto com grande capricho. A montagem, a fotografia e até mesmo a escolha das canções inseridas. Tudo em excelente estado.

O que me incomoda em “Nós” e me incomoda bastante é seu humor. Em “Get Out” a comédia causava um incômodo proposital, tinha uma razão para estar ali. Já neste novo filme, os instantes cômicos são tantos que quebra o tom, impede de levarmos suas tantas ideias a sério. Há uma constante quebra de clima que nunca se justifica. É compreensível que Jordan Peele enquanto comediante traga isso para suas obras, mas é necessário saber quando e porque e em “Nós” não há isso. Teria sido uma experiência muito mais impactante se ele tratasse sua criação com um pouco mais de seriedade. É difícil de acreditar no que o roteirista diz quando se dá a impressão que nem mesmo ele acredita. Outro problema que vejo é a conveniência do roteiro, que da aquela facilitada quando seus personagens precisam, como quando sempre faz com que um encontre o outro na hora certa, ou quando objetos que podem ser usados como armas sempre surgem ao alcance dos heróis quando eles estão em perigo.

“Nós” ainda traz uma excelente performance de Lupita Nyong’o. Acredito que este papel, que ela abraça com tanta garra, possa abrir novas portas para ela, até então uma atriz pouco valorizada, mesmo com um Oscar na prateleira. O restante do elenco também está ótimo, principalmente os mais pequenos. Se trata de um filme tenso, inteligente e que te fará repensar muitas e muitas vezes depois que terminar. É o tipo de obra que merece uma revisita e uma atenção especial. O terror vive sua melhor era em muitos anos e “Nós” entra facilmente para essa consagrada lista.

NOTA: 8

  • País de origem: EUA
    Ano: 2019
    Duração: 116 minutos
    Título original: Us
    Distribuidor: Universal Pictures
    Diretor: Jordan Peele
    Roteiro: Jordan Peele
    Elenco: Lupita Nyong’o, Winston Duke, Shahadi Wright Joseph, Evan Alex, Elizabeth Moss

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s