Crítica: Get Duked

Produzida por Tobey Maguire, a comédia “Get Duked!” é absurdamente insana. Pode afastar grande parte do público pelo nível elevado de brisa, mas pode surpreender positivamente também, o que é o meu caso. Trata-se de um produto original, revigorante e um prato cheio para os admiradores do humor ácido britânico.

A divertida trama gira em torno de um grupo de jovens infratores que são indicados à completar uma tradicional caminhada para ganhar um prêmio, símbolo de uma readequação social. No entanto, nas altas montanhas que caminham, passam a ser alvos de aristocratas que matam por puro esporte, eliminando, assim, aqueles indivíduos que arruinam a integridade da espécie.

Com roteiro ágil e ótimas sacadas, o filme é um experimento inventivo, que diverte sem deixar de passar suas poderosas mensagens. No meio de seu sarcasmo, o longa acerta essa ferida da alta sociedade que se sente ameaçada quando pessoas menos privilegiadas passam a ganhar oportunidades. Como é bom e raro encontrar comédias assim! Bizarro, inteligente e insanamente adorável.

NOTA: 8

  • Duração: 87 minutos
    Disponível: Prime Video
    Direção: Ninian Doff
    Elenco: Samuel Bottomley, Viraj Juneja, Rian Gordon, Lewis Gribben